Recent Talks

Projects

Quantified Home: SMS-Denúncia:
  • Aplicativo para Android que visa facilitar o envio de denúncias por SMS para trem e metrô de São Paulo. Com alguns cliques o usuário seleciona o tipo da denúncia, linha, estação e sentido do trem, gerando automaticamente um texto com as primeiras informações necessárias para o SMS. Então basta completar com uma descrição do infrator e enviar. O aplicativo pode ser baixado no Android Market ou pelo QR Code e o código está no github.
Hora Agora:
  • O objetivo do site é reunir diversos serviços relacionados a horário. Na página principal você têm a hora certa no fuso-horário do Brasil, mas você também pode abrir um mapa que mostra a hora em várias cidades do mundo. Clicando em qualquer ponto vazio do mapa, é fornecido o horário calculado pela longitude do local. Outra funcionalidade bastante popular do site é o cronômetro regressivo, que inclusive permite que o usuário crie um bookmark para reiniciá-lo posteriormente com o tempo já determinado. O site é desenvolvido em JavaScript, CSS, HTML5 e Python e também pode ser acessado pela Chrome Web Store.
@ondevende:
  • Essa conta no Twitter nada mais é do que uma experiência de integração de três APIs em um único tweet. Uma aplicação Python rodando no AppEngine monitora as mensagens para esse usuário e então realiza uma chamada para a API do BuscaPé para encontrar uma oferta. O nome da loja, preço e um link encurtado pelo Bit.ly são retornados em um tweet.
MemeThis:
  • A idéia deste projeto é facilitar a forma como as pessoas postam conteúdo no Yahoo! Meme. Após confirmar a autorização através de oAuth, o usuário recebe um bookmarklet personalizado que permite que ele envie texto e imagem diretamente da página onde ele estiver, eliminando a necessidade de inserir todas as informações no formulário do Meme. O desenvolvimento foi feito em Java em pair-programming com o Chester.
Urban Fact:
  • Nossa proposta para o Random Hacks of Kindness foi criar um site que reuniria o melhor e o pior de centros urbanos. Fotos postadas no Twitter com as hashtags #urbanfact ou #fatourbano são enviadas para o site, onde outras pessoas podem votar, comentar e compartilhar. Se o tweet tiver informações de geolocalização a foto também é mostrada em um mapa. O projeto obteve o segundo lugar no evento e foi desenvolvido em conjunto com o Chester, Daniel Cukier e Marcos Diez utilizando Ruby on Rails, Python e JavaScript.